Philip Morris Brasil passa a integrar o Fórum de Empresas e Direitos LGBT+

25/05/2018


Philip Morris Brasil
A Philip Morris Brasil (PMB) passou a fazer parte do Fórum de Empresas e Direitos LGBT+, ao lado de outras grandes companhias que trabalham pelo respeito aos direitos humanos desta população, dentro do universo corporativo brasileiro. A adesão foi formalizada pelo presidente da PMB, Wagner Erne, durante a cerimônia que marcou os cinco anos de aniversário do Fórum, em São Paulo, no dia 22 de maio.

"Respeitar e aceitar as diferenças são valores fundamentais em um ambiente de trabalho. Com o nosso engajamento, queremos colaborar para as práticas de gestão que ajudam a combater o preconceito e seus prejuízos aos negócios e à sociedade", afirma Wagner Erne, diretor presidente da empresa.

Os "10 Compromissos da Empresa com a Promoção dos Direitos LGBT", defendidos pelo Fórum, estabelecem, entre outros pontos, o comprometimento com o respeito e a promoção dos direitos, a igualdade de oportunidades, tratamento justo e a promoção de um ambiente respeitoso, seguro e saudável para as pessoas LGBT.

Ousadia e transformação

Além de influenciar e intensificar a adoção dessas boas práticas, a adesão ao Fórum de Empresas e Direitos LGBT+ reforça o compromisso da PMB com o seu próprio programa de inclusão, o be #bold (#ouse, em português), criado para celebrar a diversidade, atrair e reter talentos LGBTQ+ e aproveitar as oportunidades de negócios dentro dessa comunidade.

Para promover um ambiente de trabalho diverso e inclusivo, a empresa já estendia aos parceiros de seus colaboradores alguns benefícios, como plano de saúde e auxílio de transferência nacional/internacional. A partir de agora, porém, garante licença paternidade a casais do mesmo sexo e a pais solteiros, equiparada à licença maternidade, além de ter formalizado uma política global para as pessoas em transição de gênero.

O programa também utiliza o diálogo para promover a integridade no local de trabalho, eliminando o espaço para o assédio. As pessoas que se consideram ofendidas contam com uma linha 0800, disponível 24 horas por dia para denúncias. As condutas consideradas impróprias são investigadas.

Todas essas políticas e a adesão ao Fórum de Empresas e Direitos LGBT+ estão inseridas em um amplo processo de transformação interna e do próprio negócio da companhia. "Estamos propondo à sociedade a criação de um futuro sem fumaça, a partir da inovação e do desenvolvimento de produtos que são uma alternativa melhor do que os cigarros. Nesse ambiente, de grande criatividade e produtividade, o engajamento de nossos colaboradores é fundamental e passa pela inclusão e pelo respeito às diferenças, como forma de refletir melhor o que é a nossa sociedade", conclui Wagner Erne.

 

Sobre a Philip Morris Brasil

A Philip Morris Brasil atua no País desde 1973, onde conta com 3 mil colaboradores. A empresa é uma afiliada da Philip Morris International (PMI), uma das empresas líderes no setor de tabaco, com seis das 15 principais marcas e produtos comercializados em mais de 180 países. Além da fabricação e venda de cigarros, incluindo Marlboro, a marca mundial de cigarros número um do mundo, a PMI está empenhada no desenvolvimento e comercialização de produtos de risco reduzido (RRPs). Esses produtos apresentam, podem apresentar ou têm o potencial de apresentar menor risco de danos aos adultos fumantes que mudam para estes produtos na comparação com o tabagismo continuado. Para mais informações, acesse: www.pmi.com e www.pmiscience.com.